COSMETOPEIA RESPONDE PRA VOCÊ!

A

  • ABRASIVOS : Substâncias adicionadas aos produtos cosméticos com o objetivo de remover matérias de diversas superfícies corporais, como auxiliares da limpeza dental mecânica ou com vista a aumentar o lustro.

  • ABSORVEDOR DE RAIOS UVProtege o produto cosmético dos efeitos da luz UV.

  • ABSORVENTESubstâncias adicionadas aos produtos cosméticos como meio de dispersão de substâncias dissolvidas em água ou em gorduras ou finamente divididas.

  • ADSTRINGENTEContrai a pele.

  • AGENTE DE VOLUME Reduz a densidade a granel de produtos cosméticos.

  • AGENTE TAMPÃO: Estabiliza o pH dos produtos cosméticos.

  • ANTICASPAAjuda a controlar a caspa.

  • ANTICORROSIVOImpede a corrosão/desgaste da embalagem.

  • ANTIESPUMANTESuprime espuma durante a fabricação ou reduz a tendência de produtos acabados para gerar espuma.

  • ANTIFERMENTANTE: Permite o fluxo livre de partículas sólidas e, assim, evita a aglomeração de produtos cosméticos em pó em nódulos ou massas duras.

  • ANTIMICROBIANOAjuda a controlar o crescimento de microrganismos sobre a pele.

  • ANTIOXIDANTEInibe reações promovidas pelo oxigénio, evitando a oxidação e rancificação.

  • ANTIPERSPIRANTE: Reduz a transpiração.

  • ANTIPLACA: Ajuda a proteger contra a placa.

  • ANTISEBORREICO: Ajuda a controlar a produção de sebo.

  • ANTISETÁTICO: Reduz a eletricidade estática por carga elétrica de neutralização sobre uma superfície.

  • AROMATIZANTES: Dá sabor e aroma ao produto cosmético.

B

  • BIOACUMULAÇÃO: Resultado da absorção, transformação e eliminação de uma substância por um organismo através de todas as vias de exposição, ou seja, ar, água, sedimento/solo e alimentação.​

  • BIOCONCENTRAÇÃO: Resultado da absorção, transformação e eliminação de uma substância por um organismo devido à exposição através da água. ​

  • BRANQUEADORClareia a sombra de cabelo ou da pele.

  • BRONZEADOREscurece a pele, com ou sem exposição aos UV.

C

  • CALMANTEAjuda a aliviar o desconforto da pele ou do couro cabeludo.

  • CARCINOGENICIDADE: ​desenvolvimento de neoplasias malignas, ou seja, processo de formação de um tumor maligno (câncer) em um organismo; efeito resultante da ação de um carcinogênico.

  • CARCINOGÊNICO: substância química tóxica, corpo sólido inerte ou radiação ionizante, capaz de induzir carcinogenicidade.​

  • COLORANTE DE CABELOSSubstâncias adicionadas aos produtos cosméticos com vista à coloração do cabelo.

  • CONDICIONADOR DA PELEMantém a pele em boas condições.

  • CONDICIONADOR DE UNHASMelhora as características estéticas da unha.

  • xemplo, limpeza, desodorização, protegendo.

  • CONDICIONANTE DE CABELODeixa o cabelo mais fácil de pentear, flexível, macia e brilhante e / ou confere volume, leveza, brilho, etc.

  • CONSERVANTEInibe primariamente o desenvolvimento de microrganismos em cosméticos. Todos os conservantes listados são substâncias na lista positiva de conservantes (anexo VI da Directiva Cosméticos).

  • CORANTES COSMÉTICOSSubstâncias adicionadas aos produtos cosméticos com o objetivo de lhes conferir uma coloração e/ou induzir a coloração da pele e/ou das respectivas excrescências. Todos os corantes enumerados são substâncias da lista positiva de corantes (anexo IV da Diretiva dos produtos cosméticos).

  • CORROSIVO CUTÂNEO: corrosivo para a pele​ /  material-teste que produz destruição de tecido da pele, chamada de necrose visível através da epiderme e dentro da derme, em pelo menos um de três animais ensaiados após uma exposição de até 4h de duração. 

  • CUIDADO ORAL: Fornece efeitos cosméticos para a cavidade oral, por exemplo, limpeza, desodorização, protegendo.

D

  • DANO: ​lesão física e/ou prejuízo à saúde, ao meio ambiente ou à propriedade.

  • DEPILATÓRIORemove pelos indesejáveis.

  • DESEMBARAÇANTEReduz ou elimina entrelaçamento cabelo devido a alteração dos cabelos ou danos de superfície e, assim, ajuda a pentear.

  • DESODORIZANTESubstâncias adicionadas aos produtos cosméticos com o objetivo de reduzir ou ocultar odores corporais desagradáveis.

E

  • EFEITO ADITIVO​: efeito quantitativamente igual à soma dos efeitos produzidos individualmente de dois ou mais agentes tóxicos. ​

  • EFEITO DE POTENCIAÇÃO: efeito que ocorre quando um agente tóxico tem seu efeito aumentado por agir simultaneamente com agente não tóxico.​

  • EFEITO SINÉRGICO: efeito quantitativamente maior que a soma dos efeitos produzidos individualmente de dois ou mais agentes tóxicos.

  • EMOLIENTEAmacia e suaviza a pele.

  • EMULSIONANTEPromove a formação de misturas íntimas de líquidos não miscíveis, alterando a tensão interfacial.

  • ESPUMANTEPequenas bolhas de ar ou outro gás no interior de um pequeno volume de líquido, modificando a tensão superficial do líquido.

  • ESTABILIZADOR DE EMULSÃOAjuda o processo de emulsificação e melhora a estabilidade da emulsão e prazo de validade.

  • ESTABILIZANTEMelhora ingredientes ou a estabilidade da formulação e prazo de validade.

F

  • FILTRO UVFiltra certos raios UV, a fim de proteger a pele ou os cabelos contra os efeitos nocivos destas radiações. Todos os filtros UV listados são substâncias na lista positiva de filtros de UV (anexo VII da Directiva Cosméticos).

  • FIXADOR DE CABELOPermite o controle físico do estilo de cabelo.

  • FORMADOR DE FILMEProduz, mediante requerimento, um filme contínuo sobre a pele, cabelo e unhas.

G

  • GELIFICANTESDá a consistência de um gel (uma preparação semi-sólido com um pouco de elasticidade) para uma preparação líquida.

H

  • HIDRATANTEAumenta o teor de água da pele e ajuda a mantê-la macia e suave.

  • HIDROTÓPICOAumenta a solubilidade da substância que é apenas ligeiramente solúvel em água.

  • IMPULSIONADOR DE ESPUMAMelhora a qualidade da espuma produzida por um sistema através do aumento de um ou mais das propriedades seguintes: Textura volume, e / ou estabilidade.

I

  • IN VITROaquilo que é produzido ou realizado fora do organismo, em ambiente laboratorial.​

 NOTA: a produção ou realização in vitro pode ser feita, por exemplo, em uma placa de cultura ou em um tubo de ensaio. 

  •  IN VIVO: aquilo que é produzido ou realizado no organismo vivo. 

  •  INGREDIENTE:​ constituinte de um produto químico ou de um resíduo químico.

  • IRRITAÇÃO CUTÂNEA: formação de lesão reversível da pele como consequência da aplicação de um produto durante um período de ensaio de até 4h.​

  • IRRITAÇÃO OCULAR: aparição de lesões oculares como consequência da aplicação de um produto na superfície anterior do olho, e que sejam totalmente reversíveis nos 21 dias seguintes à aplicação. 

  • IRRITANTE: produto capaz de provocar irritação ocular cutânea.

K

  • Kow: coeficiente de particpação n-octanol/água.

L

  • LIGANTEFornece coesão em cosméticos.

  • LIMITE DE CONCENTRAÇÃO: valor de corte.  valor de referência que determina a categoria de perigo de um determinado produto.

  • LIMITE DE EXPOSIÇÃO OCUPACIONALconcentração ou intensidade máxima ou mínima, relacionada com a natureza e o tempo de exposição ao agente, que não causará dano à saúde do trabalhador, durante a sua vida laboral. O mesmo que "limite de tolerância".​

  • LIMPADORESAjuda a manter a superfície do corpo limpa.

M

  • MASCARANTE: Reduz ou inibe o odor ou o sabor de base do produto.

  • MUTAÇÃO alteração permanente na quantidade ou na estrutura do material genético de uma célula.​

  • MUTAGENICIDADE: determinação da capacidade de agentes químicos para induzir alterações no material genético do núcleo das células, que são transmitidas durante a divisão celular. ​

  • MUTAGÊNICO: agente que aumenta a frequência de mutação nos tecidos celulares, nos organismos ou em ambos.

O

  • ONDULADOR OU ALISADOR DE CABEModifica a estrutura química do cabelo, permitindo-lhe ser ajustado no estilo requerido.

  • OPACIFICANTESReduz a transparência ou translucidez dos cosméticos

  • OXIDANTESAltera a natureza química da substância pela adição de um outro átomo de oxigénio ou a remoção de hidrogênio.

P

  • PEARLECENTEDá uma aparência perolada a cosméticos (brilho perláceo).

  • PERFUMESUsada para perfumes e matérias-primas aromáticas (secção II).

  • PERSISTÊNCIA: capacidade de uma substância ou mistura de não se degradar no meio ambiente, através de biodegradação ou outros processos, permanecendo detectável ao longo do tempo. ​

  • PLASTIFICANTESuaviza e faz outra substância flexível que de outra forma não poderia ser facilmente deformada, espalhar ou trabalhados.

  • PROPULSOR/PROPELENTEGera pressão numa embalagem de aerossol, expelindo o conteúdo quando a válvula é aberta. Alguns gases propulsores liquefeitos podem atuar como solventes.

  • PROTETOR DA PELEAjuda a evitar efeitos prejudiciais para a pele de fatores externos.

  • PÚBLICO ALVO: trabalhadores, consumidores e profissionais do serviço de atendimento à emergência e de transporte.​

Q

  • QUELANTESubstâncias adicionadas aos produtos cosméticos com o objetivo de formar complexos com íons metálicos susceptíveis de afetar a estabilidade e/ou o aspecto dos cosméticos.

  • QUERATOLÍTICOAjuda a eliminar as células mortas do estrato córneo.

R

  • REDUTORAltera a natureza química da substância pela adição de um outro átomo de hidrogénio ou remoção de oxigénio.

  • REFRESCANTEConfere uma frescura agradável para a pele.

  • RISCO: probabilidade de ocorrência de perigos que causem danos. ​

S

  • SEGURANÇA: ausência de riscos inaceitáveis de danos. ​

  • SENSIBILIDADE À PELE: substância q​ue induz uma resposta alérgica em contato com a pele. 

  • SENSIBILIDADE RESPIRATÓRIO: substância que, quando inalada, induz hiperssensibilidade das vias aéreas superiores. ​

  • SISTEMA GLOBALMENTE HARMONIZADO (GHS)​: conjunto de regras, entre outras, de classificação e de rotulagem de produtos químicos, que visa estabelecer uma comum e consistente base de classificação e comunicação de perigos do produto químico perigoso. 

  • SOBREENGORDURANTEReabastece os lipídos do cabelo ou das camadas superiores da pele.

  • SOLVENTEDissolve outras substâncias.

  • SUAVIZANTEProcura alcançar uma superfície uniforme da pele, diminuindo a rugosidade ou irregularidades.

  • SUBSTÂNCIAelemento químico e seus compostos no estado natural ou obtidos por qualquer processo de produção; incluindo ​qualquer aditivo necessário para garantir a estabilidade do produto e qualquer impureza resultante do processo utilizado, mas excluindo qualquer solvente que possa ser separado sem afetar a estabilidade da substância ou alterar sua composição. 

  • SURFACTANTE/TENSOATIVODiminui a tensão superficial da cosmética, bem como auxiliares de distribuição uniforme do produto, quando usado.

VOCÊ NÃO ENCONTROU O TERMO QUE PROCURAVA?

NOS INFORME!

Avaliações de segurança de ingredientes cosméticos.

+55 11 3129-5398

Av Comendador Alberto Bonfiglioli, 587-

Sobreloja Jardim Bonfiglioli

São Paulo/SP - 05593-001